Israel lamenta a perda do ex- Primeiro Ministro Ariel Sharon

ISRAEL LAMENTA A PERDA DE ARIEL SHARON

  •  
     
    Sharon estava em coma desde que sofreu um derrame cerebral em janeiro de 2006.
    No domingo, 12, o caixão de Ariel foi levado ao Knesset para que o público pudesse prestar suas homenagens.
    Na manhã do dia seguinte, por volta das 09:30, foi realizada uma cerimônia de estado no Knesset. O presidente Shimon Peres, o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, o Porta Voz do Knesset Yuli Edelstein, familiares e amigos prestaram suas homenagens. O Vice-presidente dos EUA, Joe Biden e o ex Primeiro Ministro Britânico, Tony Blair, também estiveram presentes.
    Após a cerimônia, o cortejo fúnebre partiu para Latrun, onde foi realizada uma cerimônia do IDF. O comboio militar seguiu para a Fazenda Shikmim, no Negev, aonde Ariel Sharon foi enterrado ao lado de sua esposa Lily.
     
    Presidente Shimon Peres
    "Meu caro amigo, Arik Sharon, perdeu sua batalha final hoje. Arik era um soldado corajoso e um líder ousado, que amava o seu país e seu povo o amava. Ele foi um dos grandes protetores de Israel e arquiteto mais importante, que não conheceu o medo e certamente nunca temeu visão. Ele sabia como tomar decisões difíceis e implementá-las. Nós amamos ele e ele fará muita falta. Envio as minhas condolências à família Sharon, que ele descanse em paz. "
     
    Primeiro-ministro Benjamin Netanyahu
    "O Estado de Israel se curva diante da notícia do falecimento do ex- primeiro-ministro Ariel Sharon. Ariel Sharon teve um papel central na luta pela segurança do Estado de Israel ao longo dos anos. Ele era, antes de tudo, um lutador corajoso e um general notável, e foi um dos maiores comandantes da IDF. Desde a sua juventude, ele serviu o povo de Israel no campo de batalha. Ele fez isso como soldado na Guerra da Independência, como comandante na campanha do Sinai (1956) e na Guerra dos Seis Dias, e teve um papel decisivo na batalha do Canal de Suez, que levou à virada na Guerra do Yom Kippur. Ele estabeleceu a Unidade 101 e tomou a iniciativa na guerra contra o terrorismo, que se tornou um pilar central do Estado de Israel. Ao sair do exército, ele continuou a trabalhar em nome do povo de Israel, tanto em seus muitos papéis do governo e, como o 11º primeiro-ministro do Estado de Israel. Sua memória será lembrada para sempre no coração da nação.”
     
    Ministro das Relações Exteriores Avigdor Liberman
    "Ariel Sharon serviu o Estado de Israel, desde sua criação até o último momento que podia, participando dos eventos centrais que o moldaram. Sharon será lembrado em primeiro lugar como um grande comandante militar que liderou muitas batalhas importantes, a travessia do Canal de Suez durante a Guerra do Yom Kippur, as batalhas da Guerra de Independência de Israel e a criação da Unidade especial 101, a Campanha do Sinai, e muito mais. O legado político de Sharon sempre foi controverso, a partir de seu mandato que fortaleceu assentamentos judaicos na Judéia e Samaria, à retirada de Gaza, que ele iniciou e implementou. Ele vai ficar na história de Israel como uma das figuras mais notáveis ​​e influentes ".
     
    Declarações dos líderes mundiais sobre Ariel Sharon
    Presidente dos EUA, Barack Obama: "Envio nossas mais profundas condolências à família do ex- primeiro-ministro israelense Ariel Sharon e ao povo de Israel sobre a perda de um líder que dedicou sua vida ao Estado de Israel... Nós nos juntamos ao povo israelita no adeus ao primeiro-ministro Sharon, que honrou seu compromisso com o país".
    Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon: "Ao longo de uma vida dedicada ao Estado de Israel, Ariel Sharon foi um herói para o seu povo, pela primeira vez como um soldado e, em seguida, como um estadista. O primeiro-ministro Sharon será lembrado por sua coragem política e determinação para levar a cabo a decisão dolorosa e histórica de retirar colonos e tropas israelenses da Faixa de Gaza".
    Primeiro-ministro britânico, David Cameron: "Ariel Sharon é uma das figuras mais importantes da história de Israel e como primeiro-ministro tomou decisões corajosas e controversas em busca da paz, antes que ele fosse tão tragicamente impossibilitado. Israel perdeu hoje um importante líder".
    Presidente francês, François Hollande: "O ex- primeiro-ministro Ariel Sharon foi um importante ator na história do seu país. Depois de uma longa carreira militar e política, ele optou por voltar-se para o diálogo com os palestinos".
    Chanceler alemã, Angela Merkel, elogiou Sharon como um "patriota israelense que prestou um grande serviço ao seu país. Com a corajosa decisão de retirar os colonos israelenses da Faixa de Gaza , ele deu um passo histórico no caminho para um acordo com os palestinos e uma solução de dois Estados".
    O presidente russo, Vladimir Putin, enviou uma mensagem de condolências pelo falecimento do ex- primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, um estadista notável e comandante militar, elogiando as qualidades pessoais, a sua atividade de defender os interesses de Israel, e observou o respeito no tratamento aos seus compatriotas e internacionalmente.
     
     
  •  

     Documents

     
      
      
      
      
    There are no items to show in this view of the "Documents" document library.