Ponte Cultural

Projecto fortalece ponte Cultural

  •   Musicos angolanos e israelitas no mesmo palco
  •    
    Com o compositor israelita Avner Hodorov, o DJ Nir Maimon e o produtor Giyora Arbiser, Bruno M disse ter aprendido alguns aspectos técnicos, que lhe vão ser úteis para o seu trabalho.
  • icon_zoom.png
    Avner Hodorov, o DJ Nir Maimon e Ângela Ferrão Avner Hodorov, o DJ Nir Maimon e Ângela Ferrão
    DJ Nir Maimon and Bruno
     
    O evento teve como atracções o compositor israelita Avner Hodorov, o DJ Nir Maimon, produtor Giyora Arbiser, Kudurista angolano Bruno M, cantora Ângela Ferrão, a banda Contraste.
    Autor de “Tchubila”, um dos temas interpretados no concerto, Bruno M apresentou uma mistura de canções interpretadas de forma espontânea e acompanhadas pelo dançarino Bruno Nível.
    Ângela Ferrão, interpretou com os musicos israelitas alguns temas como " Wanga e  Xingo"  e disse  que a sua participação neste espectáculo foi uma experiência importante, um desafio muito bom, e que a iniciativa da Fundação Arte e Cultura "tem pernas para andar".
    Com os músicos israelitas, os  Contrastes interpretaram “Poliker”, “Rikud Hamehona” e “Rani be Paris”, numa mistura de estilos na voz de Avner Hodorov, tendo afirmado que a conexão com artistas angolanos resultou em novas criações e potencialidades. “Ganhei um sentimento muito especial”, destacou.
    O agregar da concertina para acompanhar os kuduristas abriu novas nuances musicais, que Avner Hodorov desconhecia, razão pela qual está interessado em continuar no projecto que vai culminar com a produção de um CD no próximo trimestre.
    Para o director da Casa da Música, Giyora Arbiser, foram momentos brilhantes que permitiram fortalecer os laços culturais entre Angola e Israel, e estimularam a “Casa da Música” a prosseguir o projecto que está na fase inicial.
     
     Fontes: JA
     
     
     
     
  •