Israel Ja é Estado Membro do CERN

Israel é aprovado como  21.º Estado-Membro do CERN

  •    
    Eliezer Rabinovici, Academia israelita da ciência; Eviatar Manor, Embaixador de Israel na ONU em Genebra; Rolf Heuer Director-geral do CERN ; e Giora Mikenberg, Instituto Weizmann
  • icon_zoom.png
    Eliezer Rabinovici, Israeli Academy of Science; Eviatar Manor, Israel Ambassador to the UN in Geneva; CERN Director-General Rolf Heuer; and Giora Mikenberg, Weizmann Institute Eliezer Rabinovici, Israeli Academy of Science; Eviatar Manor, Israel Ambassador to the UN in Geneva; CERN Director-General Rolf Heuer; and Giora Mikenberg, Weizmann Institute : Anna Pantelia
    Copyright: Anna Pantelia
     
    A Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN) aceitou ontem, por unanimidade, uma resolução para admitir Israel como 21.º Estado-membro desta Organização. Esta decisão irá permitir que Israel aprofunde a sua contribuição para benefício da ciência nos campos da investigação, desenvolvimento e educação dentro dos projectos estabelecidos pelos CERN.
    A associação formal de Israel com o CERN iniciou em 1991, quando o país recebeu o status de Estado Observador. Hoje, Israel está envolvido em projectos de grande dimensão e recebeu o estatuto de Estado Membro com plenos e totais direitos.
    Ministro das relações exteriores Avigdor Liberman disse que: "Este é um dia de orgulho e satisfação para ciência israelita, e parabenizamos todos os cientistas que participaram desta conquista, que traz honra para o Estado de Israel. A decisão também é uma conquista impressionante para a diplomacia israelita e para o trabalho do Ministério dos Negócios Estrangeiros, que tem se esforçado por muitos anos. Agradecemos a todos os ministérios do governo, bem como as Instituições acadêmicas e de investigação que foram parceiros neste esforço. Agradecimentos extensivos aos Estados europeus do CERN pelo apoio na associação de Israel à organização."
     "Estamos ansiosos para contribuir para o desenvolvimento da nossa relação em benefício da ciência, desenvolvimento e educação" disse Eviatar Manor, Embaixador de Israel na ONU em Genebra.               
     
     
    Fonte: