O Embaixador

O Embaixador

  •    
    RAFAEL ELDAD
     
    Casado com Batia, pai de Keren, Liron e Dana e avô de Itay.
     
    Nasceu em 24 de setembro de 1949 em Casablanca – Marrocos
     
    1962 – Imigrou para Israel
     
    1968-71 – Serviço Militar Compulsório – Forças Navais
     
    Educação:
     
    1973-77 – Bacharel em Ciências Políticas e História – Universidade de Haifa
     
    Carreira Profissional:
     
    1978 – Iniciou no serviço diplomático.
     
    1980 – Membro da Delegação Israelense na Assembléia Geral da ONU.
     
    1981-83 – Segundo-Secretário: Embaixada de Israel em Ankara/Turquia
     
    1983-86 – Primeiro-Secretário: Embaixada de Israel em San Jose / Costa Rica
     
    1986-89 – Assistente Sênior na Divisão de Relações Públicas do Ministério das Relações Exteriores de Israel.
     
    1989-1992 – Conselheiro: Embaixada de Israel em Buenos Aires, Argentina.
     
    1992-94 – Ministro-Conselheiro na Embaixada de Israel em Buenos Aires, Argentina
     
    1994-95 – Ministro-Conselheiro: Departamento para a Europa Ocidental do Ministério das Relações Exteriores de Israel.
     
    1995-98 – Diretor: Divisão de Relações Públicas do Ministério das Relações Exteriores de Israel.
     
    1998-2002 – Embaixador de Israel no Peru.
     
    2002-2004 – Diretor: Departamento para a América do Sul do Ministério das Relações Exteriores de Israel.
     
    2004-2008 – Embaixador de Israel na Argentina e (não-residente) no Paraguai.
     
    2008-2010 – Assessor Sênior: Departamento para Assuntos Religiosos e Comunidades Judaicas.
     
    Idiomas:
     
    Hebraico, Inglês, Francês e Espanhol.
     
    ______________________________________________________________________
    PALAVRAS DO EMBAIXADOR
     
     
    O Brasil é o país do futuro e eu acredito nisto. Quando fui nomeado para servir à Missão Diplomática de Israel no Brasil, aceitei com grande satisfação trabalhar em um país que tem ganhado o merecido reconhecimento de potência econômica e democrática. É meu desejo, como Embaixador de Israel, cultivar cada vez mais a amizade entre os povos e potencializar as relações bilaterais já existentes.
     
    Brasil e Israel têm, em sua essência, os mesmos valores democráticos. Ambos os países são movidos pela diversidade cultural, pela diversidade religiosa, pela busca pela paz e pelo acolhimento às minorias.
     
    Israel será sempre grato ao povo brasileiro por ter recebido de braços abertos os judeus de todo o mundo. O apoio do Brasil ao reconhecimento do Estado de Israel foi mais do que essencial, foi fundamental quando, na Assembleia Geral da ONU presidida por Oswaldo Aranha, estabeleceu o Estado Judeu. O nome dele, e de todos os brasileiros, estará gravado em nosso país como um homem e um povo amigo.
     
    Nos últimos anos, as relações políticas se fortaleceram com uma série de visitas ministeriais e comerciais de ambos os lados. Posso destacar as visitas, em 2009, do Presidente de Israel ao Brasil, Shimon Peres, e também a ida do Presidente Lula a Israel em 2010. Duas visitas históricas para ambos os povos.
     
    De Jerusalém para o Brasil eu trago a minha mensagem de amizade e um desejo profundo de cooperação. O Brasil é hoje o maior parceiro comercial de Israel na América Latina. Eu espero que durante a minha missão haja um salto qualitativo e quantitativo nas transações comerciais entre os dois países, afinal, Brasil e Israel têm uma histórica relação de amizade que se fortaleceu após a aprovação do acordo de livre comércio entre Israel e o Mercosul. Os mercados, brasileiro e israelense, são complementares e o potencial econômico é enorme.
     
    Concluo minhas palavras com as palavras de Jorge Amado, um brasileiro centenario, afirmando que Israel, assim como o Brasil, “não é um pequeno país qualquer, é uma terra com uma gente excepcional."
     
    Rafael Eldad
    Embaixador
     
     
  •  
     
  •