Terra de Leite e Mel

Terra de Leite e Mel 

  •    
    ​​A história do povo judeu e suas raízes na Terra de Israel data de 35 séculos. Nessa terra, sua identidade cultural, nacional e religiosa foi formada; aqui, sua presença física foi mantida sem ruptura através dos séculos, mesmo após a maioria ter sido forçada ao exílio. Com o estabelecimento do Estado de Israel em 1948, a independência judaica, perdida há 2 mil anos, foi renovada.
     
  •  
     
    Localização
     
    Israel está localizado no Oriente Médio, ao longo da costa leste do mar Mediterrâneo, fazendo fronteira com Líbano, Síria, Jordânia e Egito. Fica na junção de três continentes: Europa, Ásia e África.
     
     
      ​Map      Map legend
    Map of Israel - © Carta, Jerusalem 2006
     
     
    Geografia
     
    Longo e estreito em seu formato, o país tem cerca de 470 quilômetros de comprimento e 135 de largura, em seu ponto mais amplo.
    Embora pequeno em tamanho, Israel abriga uma variedade de características topográficas de todo um continente, indo desde terras altas, com florestas e vales verdes férteis, até desertos montanhosos e desde a planície costeira até o semitropical vale do Jordão e o mar Morto, o ponto mais baixo da terra. Aproximadamente metade da área do país é semiárida.

    Clima
     
    O clima de Israel é caracterizado por muito sol, com a estação de chuvas de novembro a abril. A precipitação anual total varia de 500 a 700 mm no norte a cerca de 25 mm no extremo sul. As condições climáticas regionais variam consideravelmente: verões quentes e úmidos e invernos chuvosos e moderados na planície costeira; verões secos e quentes e invernos moderadamente frios, com chuva e neve ocasional nas regiões montanhosas; verões secos, quentes e invernos agradáveis no vale do Jordão e condições semiáridas, com dias quentes e noites frias no sul.

    Flora e Fauna
    A rica variedade da flora e da fauna israelense reflete sua localização geográfica, bem como sua topografia e clima variados. Mais de 500 tipos de pássaros, algo em torno de 200 espécies de mamíferos e répteis e 2 600 tipos de plantas (150 das quais nativas de Israel) são encontradas dentro de suas fronteiras. Mais de 150 reservas naturais e 65 parques nacionais, compreendendo perto de mil quilômetros quadrados foram estabelecidos em todo o país.

    Água
     
    A escassez de água na região tem gerado esforços intensos para maximizar o uso dos recursos disponíveis e a busca por novos. Nos anos 60, as fontes de água potável de Israel foram reunidas em uma rede integrada, cuja artéria principal, o Aqueduto Nacional, traz água do norte e do centro até o sul semiárido. Projetos em andamento para a utilização de novos recursos incluem o bombardeio de nuvens, a reciclagem da água de esgotos e a dessalinização da água do mar.

    População
     
    Israel é um país de imigrantes. Desde o seu nascimento em 1948, a população de Israel multiplicou-se quase dez vezes. Seus 7,8 milhões de habitantes formam um mosaico de pessoas com diversas etnias, estilos de vida, religiões, culturas e tradições. Hoje, os judeus compreendem cerca de 75,4% da população do país, enquanto os cidadãos não judeus, a maioria árabes (20,5%), somam cerca de 24,6%.

    Estilo de Vida
     
    Cerca de 92% dos habitantes de Israel vivem em cerca de 200 centros urbanos, alguns dos quais localizados em locais históricos antigos. Cerca de 5% são membros de assentamentos cooperativos rurais únicos: os kibbutz e os moshav.

    Principais cidades
     
    Jerusalém, a capital de Israel (788 100 habitantes) tem sido o centro da vida nacional e espiritual do povo judeu desde que o rei Davi a transformou na capital do seu reino há 3 mil anos. Hoje, é uma metrópole próspera e vibrante, a sede do governo e a maior cidade do país.
    Tel Aviv-Yafo (404 300 habitantes), fundada em 1909 como a primeira cidade israelita dos tempos modernos, é hoje o centro da vida industrial, comercial, financeira e cultural.
    Haifa (268 200 habitantes), uma cidade litorânea bem conhecida desde os tempos antigos, é o maior porto do Mediterrâneo e o centro industrial e comercial do norte de Israel.
    Berseba (195 400 habitantes), mencionada na Bíblia como um acampamento dos patriarcas, é hoje o maior centro urbano do sul. Ela oferece serviços administrativos, econômicos, de saúde, educação e culturais para toda a região sul.
     
    Sistema de governo
     
    Israel é uma democracia parlamentar, com poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. O chefe de estado é o presidente, cujos deveres são em sua maioria cerimoniais e formais; o cargo simboliza a unidade e a soberania do estado. O Knesset é o poder legislativo de Israel: um parlamento unicameral com 120 membros que opera em sessão plenária e através de 12 comitês permanentes. Seus membros são eleitos a cada quatro anos em eleições nacionais universais. O governo (ministérios) é encarregado da administração interna e dos assuntos externos. É chefiado pelo primeiro-ministro e é coletivamente responsável pelo Knesset.
     
    Educação e Ciência
     
    Frequentar a escola é obrigatório desde os cinco anos de idade e opcional a partir dos 18. Quase todas as crianças entre três e quatro anos de idade frequentam algum tipo de programa pré-escolar.
    As instituições de ensino superior de Israel incluem universidades, que oferecem uma ampla gama de cursos nas áreas de ciências exatas e humanas e servem como instituições de pesquisa de reputação mundial; faculdades, que oferecem cursos acadêmicos, e escolas vocacionais. O alto nível de pesquisa e do desenvolvimento científicos do país e a aplicação de P&D compensam a falta de recursos naturais.
     
    Saúde
     
    A Lei nacional de seguros de saúde, em vigor desde janeiro de 1995, fornece um conjunto padronizado de serviços médicos, inclusive hospitalização, para todos os residentes de Israel. Todos os serviços médicos continuam a ser fornecidos pelas quatro organizações de assistência médica do país.
    A expectativa de vida é de 83,4 anos para mulheres e 79,7 anos para os homens; a taxa de mortalidade infantil é de 4,0 por cada mil nascimentos vivos. A razão de médicos e especialistas em relação à população é comparável com o de países mais desenvolvidos.
     
    Bem-estar social
     
    O sistema de serviço social baseia-se na legislação que fornece proteção aos trabalhadores e uma ampla gama de serviços nacionais e comunitários, incluindo a assistência a idosos, a mães solteiras, programas para crianças e jovens, agências de adoção, prevenção e tratamento do alcoolismo e de abuso de drogas.
    O Instituto nacional de seguros oferece a todos os residentes permanentes (incluindo os não cidadãos) uma ampla gama de benefícios, incluindo seguro desemprego, pensões para idosos, benefícios aos sobreviventes, licença maternidade e benefícios, salário família, renda complementar, entre outros.
     
    Economia
     
    PIB 217 bilhões de US$
    (US$ 28 500 per capita)
    Exportações,
    bens e serviços
    58,4 bilhões de US$
    Importações, bens e
    serviços
    59,2 bilhões de US$
     

    Indústria
     
    A indústria de Israel concentra-se nos produtos manufaturados com alto valor agregado, baseados principalmente em inovações tecnológicas. Isso inclui equipamentos eletrônicos para a área médica, agrotecnologia, telecomunicações, hardware e software, energia solar, processamento de alimentos e química fina.
     
    Agricultura
     
    Os sucessos da agricultura israelense são resultado de uma longa luta contra condições adversas e de maximizar o uso de escassa quantidade de água e de terra arável. Hoje, a agricultura representa algo em torno de 2,4% do PIB e 2% das exportações. Israel produz 93% de sua necessidade de alimentos, complementada pela importação de grãos, oleaginosas, carne, café, cacau e açúcar, que são compensados por uma ampla gama de produtos agrícolas para exportação.
     
    Comércio exterior
     
    O comércio exterior é conduzido com países dos seis continentes. Algo em torno de 38% das importações e 32% das exportações é feito com a Europa, com o incentivo do acordo de livre comércio com a UE (estabelecido em 1975). Um acordo similar foi assinado com os Estados Unidos (1985), cujo comércio com Israel é responsável por 12% das importações e 35% das exportações de Israel.
     
    Cultura
     
    Milhares de anos de história, a reunião de judeus de mais de 70 países, uma sociedade de comunidades multiétnicas vivendo lado a lado e um interminável fluxo de informações internacionais via satélite e cabo têm contribuído para o desenvolvimento de uma cultura israelense que reflete os elementos mundiais, enquanto luta por uma identidade própria. A expressão cultural por meio das artes é tão variada quanto o próprio povo, com literatura, teatro, concertos, programação de rádio e televisão, entretenimento, museus e galerias para todos os interesses e gostos.
     
    Os idiomas oficiais do país são o hebraico e o árabe, mas nas ruas do país muitos outros idiomas podem ser ouvidos. O hebraico, o idioma da bíblia, há muito restrito à liturgia e à literatura foi revivido há um século, acompanhando a renovação da vida dos judeus na Terra.
     
  •