Inscrição em pedra com 2700 anos

Inscrição com 2700 anos da Cidade de David

  •    
    .
  • Copyright: Clara Amit, Autoridade das Antiguidades de Israel
     
    ​Apesar de não estar completa, a inscrição apresenta o nome de uma figura do séc. VII a.C., proporcionando-nos uma conexão com as pessoas que viveram em Jerusalém no final do período do Primeiro Templo.
     
  •  
  • Comunicado da Autoridade de Antiguidades de Israel

  •  

    ​As escavações arqueológicas realizadas pela Autoridade de Antiguidades de Israel na área da Fonte de Giom, na Cidade de David, nas paredes ao redor de Jerusalém National Park, desenterraram uma camada de riquissimas descobertas  incluindo milhares de pedaços de cerâmica partidos, lâmpadas de argila e estatuetas.

    O mais intrigante é a recente descoberta de uma tigela de cerâmica com uma inscrição parcialmente preservada em hebraico antigo. Apesar de não estar completa, a inscrição apresenta um nome de uma figura do século VII a.C., que se assemelha a outros nomes conhecidos por nós, tanto do registro bíblico e arqueológico e fornecer-nos uma ligação às pessoas que viveram em Jerusalém no final do período do Primeiro Templo. Esta fascinante descoberta irá ser apresentada na Conferência Anual de Arqueologia "Megalim" que terá lugar dia 29 de Agosto, na Cidade de David.

    O nome mais semelhante à inscrição é de Zacarias, filho de Benaia, o pai do profeta Jaaziel. O nome de Zacarias, filho de Benaia aparece em 2 Crônicas 20:14, onde afirma que Jaaziel, filho de Zacarias, filho de Benaia, um levita dos filhos de Asafe, profetizou antes de o rei biblíco Josafá antes de a nação ter partido para a guerra contra os antigos reinos de Amom e Moabe.