Dia Internacional da Mulher 2014

8 Março - Dia Internacional da Mulher 2014

  • icon_zoom.png
    icon_zoom.png
    International Women's Day 2014 International Women's Day 2014
     
     
  •  

    Numa região onde as mulheres são muitas vezes excluídas da vida pública, as mulheres Israelitas destacam-se como líderes em áreas como política, direito, ciência, medicina, mediação e resolução de conflitos.​ Em Israel, temos orgulho no facto de termos quatro ministras, três chefes de partidos políticos e de as mulheres representarem cerca de metade da nossa academia e do nosso sistema judicial.

    A igualdade de género está consagrada em 1948 na Declaração de Independência de Israel e tem sido implementada através de leis e políticas públicas, começando com um marco da legislação conhecida como a Lei de Igualdade de Direitos para as Mulheres.

    Com a criação do 19º governo no Knesset, em Fevereiro de 2013, a percentagem de mulheres deputadas aumentou de 19% para 22,5%. Há quatro ministros do sexo feminino no novo governo de Israel, um aumento de 9,7% (em relação ao governo anterior) para 18%. Houve um aumento significativo de mulheres na função pública. Actualmente, as mulheres representam 64% de todos os funcionários públicos. A partir de 2011, a percentagem de mulheres em cargos de alto escalão no serviço público subiu para 32,6%. Em empresas do Estado, o percentual de directores do sexo feminino foi de 39% em 2011 e até ao final de 2012, as mulheres representavam 42% das chefias.

     

  • Estatuto da Mulher Árabe

  •  

    A Autoridade para o Avanço da Condição da Mulher dedica esforços e recursos especiais para o avanço das mulheres árabes, como associações de mapeamento das mulheres, trabalhando em conjunto com associações em todos as áreas relevantes e efectuar pesquisas e conferências para mulheres e formuladores de políticas em matéria de emprego, educação, saúde e violência, associada às mulheres árabes.

    Na última década, houve um aumento significativo do número de mulheres árabes que entraram em estruturas de ensino superior, especialmente nas faculdades regionais localizadas perto dos seus locais de residência, e hoje constituem a maioria da população estudantil árabe. Tem havido um aumento paralelo de diplomados do ensino médio entre os alunos do sexo feminino árabes. Enquanto em 1985, 45% dos que podiam ter um certificado de matrícula entre os alunos árabes eram mulheres, nos últimos anos, este número subiu para 62%. Comparativamente, a proporção entre a população Judaica foi fixada em cerca de 56%.