CIÊNCIA: P&D na medicina

CIÊNCIA: P&D na medicina

  •    
    Equipamentos médicos sofisticados para diagnóstico e tratamento foram desenvolvidos e comercializados em todo o mundo. A medicina clínica e a pesquisa científica biomédica constituem os temas de mais da metade das publicações científicas. ​​​​​
  • Tomografia computadorizada (Imagem cedida pelo Hospital Shaare Zedek)
     

    ​A contribuição de Israel à revolução biotecnológica é significativa; a infraestrutura de pesquisa médica e paramédica é altamente desenvolvida, e o mesmo ocorre com suas instalações de pesquisa no campo da bioengenharia. A medicina clínica e a pesquisa científica biomédica constituem os temas de mais da metade das publicações científicas. O setor industrial do país vem ampliando sua atividade nesse campo, aproveitando a grande base de conhecimento existentes.

    Os cientistas locais desenvolveram métodos para a produção de hormônio de crescimento humano e interferon, um grupo de proteínas eficaz contra infecções virais. O Copaxone, medicamento eficaz no tratamento da esclerose múltipla, foi desenvolvido em Israel – da pesquisa básica até sua produção industrial. Entre as conquistas da engenharia genética (na qual se inclui a clonagem), citam-se vários kits de diagnóstico baseados em anticorpos monoclonais, assim como outros produtos microbiológicos.

    Equipamentos médicos sofisticados para diagnóstico e tratamento foram desenvolvidos e comercializados em todo o mundo, incluindo scanners para tomografia computadorizada (CT), sistemas de imagens por ressonância magnética, scanners de ultrassom, câmeras médicas nucleares e lasers cirúrgicos.

    Outras inovações incluem um líquido polimérico de liberação controlada para evitar o acúmulo da placa dentária, um dispositivo que reduz o aumento benigno e maligno da glândula prostática, o uso da proteína botulínica para a correção do estrabismo e uma câmera em miniatura que pode ser engolida para diagnosticar doenças gastrointestinais.​​


     
  •